Cicatrização

Cicatrização

As feridas podem ser causadas por lesões, cirurgias, pressão ou fricção. A pele atua como uma barreira protetora de modo que qualquer dano neste tecido, aumenta as chances de infecção. Existem dois tipos de feridas: aguda e crônica. Uma ferida aguda é aquela que geralmente cura de forma ordenada e oportuna. Uma ferida crônica é aquela que se desenvolve por um longo período de tempo. Exemplos de feridas crônicas incluem as lesões de pressão e as feridas diabéticas. Feridas que são lentas para curar, ou que não cicatrizam, podem causar tanto estresse emocional como físico. Um bom cuidado com as feridas visa apoiar o processo de cicatrização por meio de uso de curativos, alívio de pressão e nutrição adequada.

O papel da nutrição

A importância de uma boa nutrição na cicatrização de feridas é amplamente indicada pelos profissionais de saúde, mas pode não ser algo em que pensamos automaticamente. Uma boa nutrição pode contribuir para a recuperação, assim como uma má nutrição ou desnutrição pode ser prejudicial a este processo. Existem certos nutrientes que têm um papel fundamental a desempenhar no processo de cicatrização. A proteína é o bloco de construção dos principais órgãos do corpo, incluindo pele e músculo. É essencial no combate de infecções e na reparação tecidual. Além da proteína outros nutrientes como arginina, vitamina C, E, selênio e zinco, desempenham papéis importantes no processo de cicatrização de feridas. Além disso, a adequada ingestão de energia também é importante pois o corpo aumenta a demanda para apoiar o processo de cicatrização. Outro fator que pode prejudicar o processo de cicatrização é a desidratação, e por isso é importante garantir uma adequada ingestão de líquidos ao longo do dia.

Uma Pesquisa baseada no futuro

Na Danone Nutrição Especializada, estamos empenhados em melhorar a qualidade de vida dos pacientes e fornecer aos profissionais de saúde soluções nutricionais. Por isso que em nosso centro de pesquisa em Utrecht (Holanda), cientistas desenvolvem produtos por meio de pesquisas pioneiras na área de cicatrização através da nutrição.


Referências
COÊLHO ADA, LOPES MVO, MELO RP, CASTRO ME.O idoso e a úlcera por pressão em serviço de atendimento domiciliar. Revista da Rede de Enfermagem do Nordeste, v. 13, p. 639-649, 2012
O´Meara S. et al. Systematic reviwes of wound care management: (3) antimicrobial agentes for chronic wounds; (4) diabetic foot ulceration. Health Technol Assess. 2000; 4(21): 1-237.
GUO, S. al; DIPIETRO, Luisa A. Factors affecting wound healing. Journal of dental research, 2010, 89.3: 219-229.
ARNOLD, Meghan; BARBUL, Adrian. Nutrition and wound healing. Plastic and reconstructive surgery, 2006, 117.7S: 42S-58S.

 

CONSULTE SEMPRE SEU MÉDICO E/OU NUTRICIONISTA.